Image

Segundo as novas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a partir de 2020, todas as escolas brasileiras tiveram que incluir as habilidades socioemocionais na sua grade curricular. Considerando que o processo de aprendizagem engloba de forma harmoniosa, o pensar, o sentir e o agir, nos parece inteligente compreender que será necessário adaptar os programas escolares e treinar os professores e equipe pedagógica para que trabalhem de acordo com essas novas perspectivas e competências. Pois, ainda que sejam habilidades não cognitivas, muito mais relacionadas ao comportamento e à administração das próprias emoções, essas competências têm impacto direto e altamente positivo no desenvolvimento humano integral, tanto como nas interações sociais e com o meio ambiente.

Quando pensamos na educação inclusiva, há de se disseminar o conceito e a eficácia da Tríade de Sucesso (Academia do Autismo), trazendo reflexões e conceitos acerca da inclusão escolar no âmbito das políticas públicas e sua aplicabilidade prática do ambiente escolar, tanto como, formar educadores, profissionais e outros agentes quanto às possibilidades viáveis para a educação inclusiva por meio da educação socioemocional, norteada por conceitos da inteligência emocional, inteligências múltiplas, disciplina positiva e outros referenciais teóricos que favoreçam ações empáticas, afetivas, inovadoras, gentis, respeitosas e concretas na escola.

A educação socioemocional, desenvolvida na escola em seu currículo de forma sistemática e com planejamento intencional, desenvolve competências fundamentais para o sucesso pessoal e a melhoria expressiva de grandes desafios sociais e educacionais, tanto como auxilia os educandos na construção do seu projeto de vida. Mundialmente, a educação socioemocional traz o olhar de uma educação integral para o educando e ganha força e evidências através dos resultados.

E na mesma medida, as famílias do século 21 voltam seus olhares para a formação humana das crianças e adolescentes, buscando recursos nobres para que consolidem uma educação afetiva e não violenta, baseada em valores e demais aspectos que interferem nesse processo, tais como, as emoções e os temperamentos, por exemplo. Então, mais uma vez, encontramos eixos fundamentais que unem família e escola.

Nossos Parceiros

Conheça a equipe que faz toda a diferença em nosso trabalho!

Image
Fundadora

Roberta Borges

Pedagoga, psicopedagoga, educadora socioemocional e parental

Image
Ortopedista

Dr. Luiz Bicudo

Proprietário da clínica Vittamed onde farei os atendimentos presenciais

Image
Psicóloga e Coaching de Carreira

Cristiane Cordeiro

Ajudo você a conquistar equilíbrio emocional e ser líder de si mesma

Image
Advogado

Dr. Hélio Ferraz

Direito da Família, proteção e garantia do direito da criança e adolescente

Image
Disciplina Positiva e Educação

Luciana Santos

Desenvolva com seus filhos uma relação mais leve, consciente e acolhedora

Image
Terapia Psicomotora Infantil

Maristela Cortese

Neurodesenvolvimento Infantil. Apaixonada por bebês e crianças!

Image
Coach pessoal

Diego Rodrigues

Liderança e Desenvolvimento Humano, Personal, Professional e Career Coach

Image
Médica

Dra. Luciana Bicudo

Especialista em Ortopedia Pediátrica e proprietária na Clínica Vitta Med Santos